Camboja | First they killed my father (2017)

1.31.2018

Hoje estou de volta com um À volta do mundo, no qual viajamos até ao Camboja com o filme First they killed my father, um filme da Netflix que foi lançado em Setembro do ano passado.
Primeiro, mataram o meu pai é um filme, realizado por Angelina Jolie, e baseado no livro com o mesmo nome, um livro de memórias da escritora Loung Ung onde ela relata as suas experiências pessoais durante os anos do domínio do Khmer Rouge.
Camboja, 1975. Quando o regime comunista do Khmer Rouge assume o controlo da capital do país, Phnom Penh, a pequena Loung Ung (Sareum Srey Moch) é obrigada a deixar para trás a sua casa e seguir com a família para o interior. Num campo de trabalho forçado, ela convive diariamente com o horror, a fome, o medo e a ameaça de separação dos pais e irmãos.
Algo que gostei imenso no filme, e que tenho a certeza que não será do agrado de toda a gente, é o facto da nossa protagonista não falar praticamente ao longo de todo o filme. No entanto, nem por isso deixamos de perceber o que ela sente e pensa graças sobretudo à expressividade da actriz e à realização sensível. 
É um retrato histórico honesto, nada romantizado, que se preocupa mais em ilustrar os acontecimentos e os sentimentos dos intervenientes do que em entender os meandros políticos. Como a história é contada do ponto de vista de uma criança, há uma certa inocência e confusão no modo como os eventos são narrados que me agradou muito (especialmente tendo em conta que eu pouco sabia deste período histórico). O filme não esconde a violência e a opressão mas também não os utiliza para forçar o dramatismo da história. Mesmo assim, há vários momentos muito emotivos no filme, especialmente uma das cenas finais.


Sem dúvida, que este é um filme longo com um ritmo bastante lento e que podia ter cerca de 15/20 minutos a menos. Acho que a meio, este acabou por perder um foco e divagar um pouco demais, mas mesmo assim foi um filme que prendeu sempre a minha atenção. A fotografia é também muito bonita e um dos pontos fortes do filme.
Concluindo, este é um filme minimalista, intenso e duro, que recomendo para quem gosta de filmes de guerra mais realísticos e com um ritmo mais lento.



FICHA TÉCNICA:
🎥 Realizador: Angelina Jolie
🎬 Sareum Srey Moch, Kompheak Phoeung, Socheata Sveng, Dara Heng, Kimhak Mun
📼 2h16m; Guerra / Drama / Biografia
★★★☆☆½
  


 Já viram este filme? Estão interessados?

Enviar um comentário

Latest Instagrams

© Serão no Sofá. Design by FCD.