Cineclássicos | The apartment (1960)

5.29.2017


Para o cineclássico de Maio, resolvi trazer-vos a opinião de um filme que vi para um dos projectos conjuntos que tenho com a Chris - Pipocas | Óscares | Acção. O apartamento é um filme de 1960 que foi nomeado para 10 Óscares da Academia e acabou por arrecadar 5 das estatuetas: Melhor filme, melhor realizador, melhor argumento, melhor direcção de arte e melhor edição. Este era um clássico muito aclamado e amado que eu andava para ver há séculos e felizmente não desiludiu.

C.C. «Bud» Baxter (Jack Lemmon) sabe que o caminho para o sucesso profissional... é através da porta do seu apartamento! Fornecendo o perfeito esconderijo para os seus chefes mulherengos, o jovem ambicioso consegue uma série de promoções não merecidas. Mas quando Bud empresta a chave ao patrão J.D.Sheldrake, não impacta apenas a sua carreira mas também a sua vida amorosa. Pois a amante de Sheldrake é a adorável Fran Kubelik (Shirley MacLaine), a miúda do elevador e o anjo dos sonhos de Bud.

O apartamento é uma excelente comédia romântica que conquista facilmente através do seu humor bastante natural e diálogos rápidos e inteligentes. Apesar do seu tom humorístico, este é também um drama que não deixa de ter alguns inesperados momentos mais negros que conferem uma maior seriedade e credibilidade a esta história. 
Este é também um filme que funciona muito bem como uma sátira social, uma vez que este nos retrata eficazmente uma sociedade imoral e um ambiente de trabalho, de certo modo, opressivo. Acredito que na época, o filme tenha sido algo polémico porque exibe de uma forma bastante transparente casos de adultério e de prática de subornos. 


Para mim, um dos pontos fortes deste filme são as suas personagens principais. Tanto Bud como Fran soam bastante autênticos e facilmente nos imaginamos na sua posição. São seres humanos complexos que lutam por ser felizes mas que, inevitavelmente, cometem alguns erros pelo caminho, focam-se nas coisas erradas e nem sempre se conseguem impor perante os outros. É fácil compreendê-los mesmo que nem sempre concordemos com as suas acções. Além disso, Jack Lemmon, que adoro sempre ver, e Shirley MacLaine têm excelentes interpretações.


A fotografia a preto e branco é lindíssima e o design dos cenários ajuda imenso na criação da atmosfera opressiva e impessoal do escritório. A realização de Billy Wilder é, como sempre, muito competente.

Concluindo, este é mais um filme de Billy Wilder que consegue misturar bem comédia e drama e que apresenta excelentes interpretações. Recomendo muito.


Podem ver a opinião da Chris aqui!


FICHA TÉCNICA:
🎥 Realizador: Billy Wilder
🎬 Jack Lemmon, Shirley MacLaine, Fred MacMurray
📼 2h05m; Drama/Comédia/Romance
★★★★☆½ 


Enviar um comentário

Latest Instagrams

© Serão no Sofá. Design by FCD.