Noruega | Kongens nei/The King's choice (2016)


No "À volta do mundo" de hoje viajamos até à Noruega com o filme Kongens nei, um dos filmes que se encontra na lista de pré-nomeados para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro deste ano.

O filme narra três dias extremamentes dramáticos vividos na Noruega em Abril de 1940, quando o rei norueguês recebeu um ultimato impensável dos militares alemães: rendição ou morte. Na ocasião, o rei deverá fazer uma decisão que pode mudar a história de seu país para sempre.
Este filme é um drama de guerra norueguês que tem recebido boas críticas e que nos surpreendeu. 
Em primeiro lugar porque o filme foca-se em eventos históricos dos quais sabíamos muito pouco e, como tal, foi extremamente interessante e instrutivo conhecer o que se passou na Noruega durante o início da II Guerra Mundial. Já tínhamos algumas noções dos movimentos da resistência da Noruega após a "ocupação" mas desconhecíamos os eventos ligados à monarquia e à invasão. O filme mostra-nos algumas batalhas importantes ocorridas em solo norueguês e mostra-nos também os três dias dramáticos de perseguição à família real pelos militares alemães.



O filme consegue com sucesso mostrar-nos o Rei enquanto homem de família, monarca e líder que, apesar de não possuir verdadeiro poder uma vez que o país tem um governo elegido democraticamente, sente a responsabilidade de fazer o melhor pelo seu país. É também interessante a forma como a relação entre pai (Rei Haakon VII) e filho (Príncipe Olav) é ilustrada uma vez que são monarcas com personalidades e ideias diferentes.
As interpretações, de um modo geral, são bastante boas mas temos de destacar a excelente interpretação de Jesper Christensen enquanto Rei Haakon VII. Ele tem pouco diálogos mas consegue, usando apenas a sua linguagem corporal, veicular bem suas as dúvidas, honra e compaixão, e tornar-se assim numa personagem bastante empática. Karl Markovics enquanto o embaixador alemão Kurt Braüer é também surpreendente.


Apesar de ter alguns momentos de acção tensos, este é realmente um filme mais dramático e com um ritmo pausado, com um feeling quase de documentário. Visualmente, é um filme bonito e cuidado, especialmente a nível do guarda-roupa. Em termos de realização, o pior é mesmo o uso exagerado da shaky cam em certos momentos.


Concluindo, se gostam de filmes históricos, especialmente os ligados à II Guerra Mundial, não deixem de ver este filme.  


 
FICHA TÉCNICA:
🎥 Realizador: Erik Poppe
🎬 Jesper Christensen, Anders Baasmo Christiansen, Odd-Audor Bentsen
📼 2h13m; Drama / Histórico / Guerra
★★★
http://www.imdb.com/title/tt4353996/
  


 Já viram este filme? Estão interessados?
 


Share:

0 comentários