Índia | Dabba/The lunchbox (2013)

10.09.2016

No "À volta do mundo" de hoje viajamos até à Índia com o filme Dabba (pt: A lancheira). Este era um filme que estava na minha lista há algum tempo e acabei finalmente por o ver quando me cruzei com ele no catálogo da Netflix.

Saajan (Irrfan Khan) é um contabilista viúvo e muito solitário que todos os dias se esforça para iniciar os seus dias. Ila (Nimrat Kaur), por seu lado, é uma jovem mulher que deseja reconquistar o marido e que, com amor e dedicação, lhe cozinha os pratos mais saborosos, certa que ele a voltará a amar. Certo dia, devido a um fatídico erro de troca de lancheiras, Saajan recebe a refeição que Ila cuidadosamente preparou para o marido. Quando ela percebe o sucedido, escreve-lhe um bilhete a pedir desculpa. Ele responde, agradecido. Dá-se assim início a uma troca de bilhetes e confissões de parte a parte que se vai desenvolvendo em algo cada vez mais profundo.
A sinopse apresentada em cima descreve na perfeição o enredo deste filme. Este conta a história de dois desconhecidos que graças a um erro na entrega de uma lancheira acabam por desempenhar um papel importante na vida um do outro.

É uma história simples contada de uma forma quase epistolar uma vez que os diálogos não são muitos e a narrativa vive essencialmente da leitura dos recados que enviam um ao outro.  
É também um filme melancólico sobre mágoa, amizade, como nos deixamos acomodar na vida e como nunca devemos perder a esperança nem vontade de lutar por uma vida melhor.


As interpretações são excelentes e, sem a mestria de ambos os actores principais, o filme não teria metade do encantamento que tem. Já conhecia o talento de Irrfan Khan mas foi a primeira vez que vi um filme com Nimrat Kaur. Gostei bastante da sua naturalidade e capacidade de transmitir emoções sem palavras. A personagem do Nawazuddin Siddiqui acaba por ser o elemento mais divertido do filme mas também gostei muito do seu background e da sua relação com Saajan.


Nunca fui à Índia e o meu conhecimento da cultura indiana é praticamente nulo e, como tal, gostei muito de ver a forma realista e honesta como Bombaim foi retratado no filme. Este foca-se essencialmente na classe média e como Bombaim é visto através dos seus olhos. Não temos o mundo colorido de Bollywood nem a miséria extrema apresentada em muitos filmes mas sim a saturação e alienação associados à rotina do dia a dia.


A comida realmente tinha sempre bom aspecto e deixava-me com água na boca :)
Concluindo, recomendo muitíssimo este filme, especialmente para quem gosta de filmes românticos mais realistas.


CURIOSIDADE: "Os "dabbawalas" da cidade de Bombaim, Índia, são uma comunidade de mais de cinco mil entregadores de "dabbas" (lancheiras). Eles levam aos escritórios as refeições quentes vindas das cozinhas das donas de casa e regressam mais tarde com elas vazias para as devolver às respectivas casas. É uma profissão hereditária e a entrega é feita por analfabetos que usam um complexo sistema de código de cores e símbolos para as entregar aos seus devidos donos. Um estudo da Universidade de Harvard, nos EUA, demonstrou que apenas uma em cada quatro milhões de lancheiras é extraviada e entregue na morada errada." (in Cinecartaz)



FICHA TÉCNICA:
🎥 Realizador: Ritesh Batra 
🎬 Irrfan Khan,  Nimrat Kaur, Nawazuddin Siddiqui  
📼 1h44m; Drama / Romance
♥ 8/10







Enviar um comentário

Latest Instagrams

© Serão no Sofá. Design by FCD.